5 promessas, 1 regata e muitas atividades de noite e de dia 1


Engajamento e comprometimento de vários novos adultos voluntários, regata, desafios, brincadeiras ao ar livre, espiritualidade, estreitamento de relacionamento entre os jovens e novas pessoas da comunidade interessadas em conhecer mais sobre o Movimento Escoteiro. Veja o que aconteceu no nosso encontro de 8/4/2017.

 5 Promessas de adultos no I.B.O.A.!

Sábado, dia 8 de abril de 2017, foi um alegre dia para o nosso Grupo. Tivemos cinco promessas de adultos que chegaram para fazer nosso grupo crescer em quantidade e em qualidade!

Foram três promessas para o Ramo Escoteiro: chefes Ligia Borges, Júlia Rezende e Frank Komati. Todos atuarão como assistentes de chefia na Tropa Escoteira Épsilon.

Já a quarta promessa foi na verdade uma reafirmação de promessa. A chefe Thaís Miranda, que veio transferida do 12º/DF Grupo Escoteiros Dom Pedro II, de Brasília, será assistente na Alcateia Lobos do Mar.

A quinta promessa foi do chefe Marcelo Borges, que atuará como dirigente na Equipe de Compras e Contratos, junto à Diretoria Financeira e também na Equipe de Reconhecimento do Grupo Escoteiro, junto à Diretoria Administrativa.

O nosso Grupo Escoteiro é feito de jovens e para os jovens, porém, dependemos do trabalho voluntário dos adultos quer seja para motivar e orientar os jovens ou para dar a sustentação necessária para que o Grupo continue existindo e crescendo com qualidade. É por isso que nos alegramos muito quando novos adultos firmam o seu compromisso com o Movimento Escoteiro e assinam os seus Acordos de Trabalho Voluntário com o nosso Grupo. 

Jodelson Sabino, Diretor Presidente do 11º/ES Grupo Escoteiro do Mar Ilha de Vitória

Na certeza de que contribuirão muito no desenvolvimento do nosso trabalho, demos uma salva de palmas escoteiras para nossos novos chefes! Bem-vindos!

As tirinha de fotos acima tem uma foto de cada um dos cinco adultos que fizerem promessa nesse dia. Clique nas fotos para ampliá-las.

Ramo Lobinho: Corrida imitando os animais

Lobinhos - Corrida imitando os animais da JângalElaborada pelo chefe Cesar – que infelizmente não pode estar presente para aplicá-las – as atividades tiveram como fundo de cena a Jângal,  visando desenvolver o emocional e o social dos lobinhos. Apesar da ausência do chefe, tivemos a presença do chefe Paulo, que se mudou para  Vitória – diretamente de Cachoeiro de Itapemirim – e veio para ficar e fazer acontecer, juntamente com chefe Enilene e os pais apoiadores na coordenação das atividades com os nossos lobinhos e lobinhas …

Teve quebra gelo com corrida imitando os animais (geralmente os lobinhos gostam muito!). Teve a atividade do telefone sem fio que foi muito importante, pois pudemos aplicar os artigos da Lei do Lobinho, em especial para os lobinhos novatos que ainda não conhecem. A seguinte foi a atividade da corrida de três pernas, desenvolvendo o trabalho em equipe e a diferença física entre eles, porque alguns são mais altos que outros.

Dia mais que perfeito para os lobinhos brincarem e aprenderem ao ar livre!

Melhor Possível!!

 Lei número 4: O Escoteiro é amigo de todos e irmão dos demais escoteiros

Escoteiros - conhecimento mútuo

Segundo Chefe Richardson Murta, a atividade deste sábado não visou nenhum distintivo ou conquista especial e sim algo importante ao coração: A AMIZADE!!

Em reunião, foi identificado que muitos escoteiros não se conheciam, não sabiam quem pertencia a tripulação, visto que há muitos novatos em várias patrulhas. Então, a atividade pautou-se no reconhecimento de todos os jovens da patrulhas. Boa desculpa para os escoteiros, pois a diversão estava garantida! Descontração total no basquete de bolinha e garrafa pet!

E ainda teve a corrida maluca, onde tinham que passar debaixo de uma corda com a cabeça e as costas viradas para trás, estilo ponte! Seguir andando tal qual caranguejo e ainda pular, como sapo, outra corda mais baixinha …

A interatividade entre os jovens reinou durante as atividades pois puderam se conhecer, afinar os relacionamentos e levar nos corações os novos amigos que puderam apreciar!

Objetivo atingido! Sempre alerta!

Pernoite a bordo: Um desafio para os nossos bravos seniores

A atividade dos nossos Seniores começou na noite de sexta-feira, dia 07 de abril, e foi concluída no I.B.O.A. de abertura do sábado.

Para conferir os fatos e as fotos dessa virada de noite embarcada, acesse o artigo do nosso blog intitulado Pernoite no Iemanjá e um I.B.O.A. para encerrar!

button_clique-aqui-para-acessar-o-artigo-sobre-a-noite-no-veleiro

Noite no Iemanjá

 

Pioneiro Vitor participa de regata no sábado

Vitor Emanuel Barroso Denaday, jovem do Ramo Pioneiro do nosso grupo, participou neste sábado de uma atividade típica de um Grupo Escoteiro do Mar.

Confira o que nosso jovem relatou desta experiência:

Essa foi a primeira regata do circuito estadual de 2017. Competimos no veleiro “Albatroz”, com o Comandante Jânio Rigo. Éramos 3 tripulantes mais o Capitão.

A largada teve início às 12hrs do dia 08/04.
Como se tratou de uma etapa do estadual, ocorreram 2 regatas, uma em Barla e Sota, onde trabalhamos o contra vento e vento em popa. E a outra foi um percurso onde fizemos a primeira bóia, próximo ao Porto de Tubarão. Depois, fomos aos Pacotes (conjunto de ilhas em Vila Velha) e fechamos o circuito no Iate Clube.

Em ambas as regatas, o veleiro Bravíssimo 4 levou a melhor!

No circuíto Barla e Sota ficamos com a terceira colocação da categoria “bico de proa”! No percurso tivemos uns problemas e decidimos por não finalizar a prova cruzando a linha de chegada…

Parabéns por sua participação, Vitor!

Vitor na Regata

Sênior Vitor na Regata

Voluntários construindo um mundo melhor

Quem apareceu no sábado para nos visitar foi a Professora Cláudia Ferreira, que passando pelo nosso local de encontro e vendo o nosso Grupo em atividade, se interessou em conhecer mais sobre o Movimento Escoteiro e saber sobre suas possibilidades de colaborar conosco. Doutora em Ecologia e Conservação – dois assuntos de grande interesse para nós – ela ouviu de nosso Diretor Presidente, Jodelson Sabino, explicações sobre o Movimento Escoteiro e sobre a estrutura organizacional de nossa Unidade Escoteira Local (U.E.L.), de acordo com roteiro estabelecido pela nossa Equipe de Acolhimento e Integração para recepção de novos voluntários. Por oportuno, acompanhado de nossa voluntária da Equipe de Comunicação Larissa Gastmann, o nosso Diretor Presidente falou com a Dra. Claudia sobre o Projeto EducAÇÃO Escoteira – uma iniciativa de âmbito nacional da União dos Escoteiros do Brasil que ocorrerá no mês de maio de 2017 para aproximar os Grupos Escoteiros das instituições escolares – e a convidou aliar-se a nós com seu trabalho voluntário para contribuir com este e outros projetos que estão sendo desenvolvidos no nosso Grupo.

Em sua visita, Dra. Claudia testemunhou de perto a alegria e o entusiasmo evidente no sorriso de nossos jovens em atividade e ela viu também a dedicação dos adultos voluntários do nosso Grupo Escoteiro, em sua maioria pais e responsáveis pelos nossos jovens, que estavam presentes naquele dia, fazendo o Escotismo acontecer e contribuindo para a construção de um mundo melhor.

Se você quiser fazer parte da nossa equipe como voluntário faça-nos uma visita em nosso local de encontro ou entre em contato através dos meios de comunicação relacionados na página fale conosco do nosso site.

Planejando ações para o desenvolvimento espiritual de nossos jovens

Equipe de Espiritualidade

Equipe de Espiritualidade reunida

A Organização Mundial do Movimento Escoteiro (scout.org) define como um dos Princípios do Escotismo o Dever para com Deus, o qual se concretiza através da crença e vivência de uma fé, independentemente de qual seja. Admite-se, assim, que a concepção dessa crença seja totalmente pessoal, de acordo com as interpretações e forma de relacionamento de cada um. Seguindo esse princípio, os nossos jovens são orientados a serem leais às suas religiões e a aceitarem os deveres que delas decorrem.

A equipe de Espiritualidade e Religiosidade do nosso Grupo Escoteiro, ligada à Diretoria de Métodos Educativos, cuida para que o Programa Educativo inclua atividades que estimulem a evolução moral e ética dos nossos jovens e, ao mesmo tempo, os ensine a respeitar a diversidade religiosa.

Essa Equipe esteve reunida para discutir sobre as suas estratégias para o ano de 2017 e sobre o alinhamento das ações do Grupo com as da Região Escoteira do Espírito Santo.

A nossa Equipe de Comunicação obteve a seguinte informação em primeira mão ao preparar esse artigo: Quem for à nossa comemoração de 21 anos poderá perceber uma ação que está sendo planejada pela nossa Equipe de Espiritualidade e Religiosidade.

SEMPRE ALERTA PARA SERVIR!


Redação: Larissa Gastmann, Edição: Jodelson Sabino, Fotos: Jodelson Sabino e Frank Komati


Um pensamento em “5 promessas, 1 regata e muitas atividades de noite e de dia

  • ELIANA RIGO

    Fico feliz que estejam acontecendo atividades bem diversificadas, principalmente relacionadas ao MAR. Pais e voluntários fazendo a promessa, jovens se comprometendo em exercer o ESCOTISMO.
    O crescimento do nosso grupo está diretamente ligada à participação dos pais/responsáveis, afinal somos todos voluntários!!!!!Na esperança de construírmos um mundo melhor…..

Os comentários estão desativados.