CTMAR cursado! Diploma na mão!


Mentalidade marítma

Chefe Lobo Marinho Marcelo Teixeira: “mentalidade marítima”

 O CTMAR

Mentalidade marítima

Essa foi a primeira expressão que o Chefe Lobo Marinho Marcelo Teixeira escreveu no quadro branco ao iniciar a primeira aula teórica do Curso Técnico do Mar (CTMAR).

Chefe Marcelo Teixeira tem mais de 43 anos no Movimento Escoteiro, é o Coordenador Adjunto da Equipe Nacional da Modalidade do Mar (CONAMAR) da União dos Escoteiros do Brasil e foi o diretor do CTMAR que foi ministrado nos dias 27 e 28/8/2016 nas dependências da Escola de Aprendizes- Marinheiros do Espirito Santo (EAMES), em Vila Velha (ES). O outro instrutor do CTMAR foi Chefe Marlon Sherdien, Coordenador Regional da Modalidade do Mar (COREMAR) da Região Escoteira do Rio Grande do Sul e Chefe do Ramo Sênior do 123/RS Grupo Escoteiro do Mar Almirante Abreu, de Rio Grande (RS).

Podem participar do CTMAR  jovens e adultos a partir do Ramo Sênior, sendo que aos seniores e guias são destinadas à habilitação de Veleiro Amador e, aos maiores de 18 anos, à habilitação de Arrais Amador, conforme a Norman-03.

O curso foi ministrado em regime fechado, exigindo-se o pernoite e a realização das refeições no local do curso, sendo que a programação de sábado teve o jantar às 21:00 e às 22:00 iniciou-se a aula sobre Tradições dos Escoteiros do Mar e o Programa dos Escoteiros do Mar.

Pauleira! … como disseram alguns dos alunos.

Nosso Grupo teve uma participação expressiva no curso: fomos metade do número total de alunos, entre seniores, chefes escoteiros, dirigentes e pais interessados. Além disso, a Diretora Administrativa e Mestra do Clã Pioneiro Carla Fucci e a Pioneira Ana Steer do nosso Grupo compuseram o staff do curso, juntamente com Luiz Severino do Escritório Regional.

Staff do CTMAR

Carla Fucci, Luiz Severino e Ana Steer: Staff

 

A parte teórica do curso envolve segurança da navegação, atracação, desatracação, fundeio, amarração em boia, comunicação e instrumentos de navegação. A parte prática inclui situações de navegação à vela, a remo e a motor.

Teoria e prática do curso envolvem também disciplinas específicas de navegação voltadas para o contexto do escotismo do mar, como, por exemplo:

  • Análise do conjunto das etapas de progressão específicas para a Modalidade do Mar e as especialidades boas para as seções de Escoteiros do Mar;
  • Tradições do Escotismo do Mar: história, cerimoniais, símbolos, uniformes, utilidades e necessidade do caxangá, etc;
  • Simbologia no Escotismo do Mar: bastões com croques, animais e ambientes marinhos, nomes do mar, personagens náuticos, temáticas náuticas para atividades de modalidade etc;
  • Segurança para Escoteiros do Mar: exposição ao sol em acampamentos, primeiros socorros voltados para atividades náuticas, incêndio a bordo e regras de seguranças para atividades embarcadas e o conjunto de Salvatagem;
  • Sistema de Patrulhas do Mar embarcadas;

A cerimônia de encerramento teve uma cadeia da fraternidade com a participação do Capitão de Fragata Fábio Casaes Passos, Comandante da Escola de Aprendizes-Marinheiros do Espírito Santo, que abriu as portas da EAMES e forneceu o melhor apoio possível para a realização desse CTMAR.

A maioria dos jovens do 11º/ES Grupo Escoteiro do Mar Ilha de Vitória não teve atividade nesse final de semana porque muitos pais, chefes e escotistas estavam envolvidos com o CTMAR, mas além da Vitória Tavares e do Vitor Denadai, que fizeram o curso, outros jovens do Grupo estiveram em Colatina (ES), realizando atividade escoteira. Quer saber mais? Veja o artigo no site do Ilha sobre a Ação de Saúde – Trote Solidário  .

 Depoimentos

O CTMAR foi uma experiência extraordinária! … Novos amigos,  novos conhecimentos.  Aprendemos sobre as tradições escoteiras e sobre como levar esses pensamentos para os nosso grupo e para os nossos jovens e fazer com que essas tradições marítimas cresçam em nossas vidas.

Richardson Murta, Chefe do Ramo Escoteiro do 11º Grupo Escoteiro do Mar Ilha de Vitória e aluno do CTMAR 2016

Foi com muita alegria que cursei o CTMAR. No ano de 2002 foi plantada a “sementinha” pelo Chefe Luciano Rodrigues para que o Ilha de Vitória se tornasse do mar. Em 2011 realizamos esse sonho e agora conseguimos capacitar os adultos voluntários para que possam exercer com segurança as atividades náuticas. Como disse o Chefe Luciano Rodrigues, esse curso foi um DIVISOR DE ÁGUAS !!!!!

Eliana Rigo, Dirigente do 11º Grupo Escoteiro do Mar Ilha de Vitória e aluna do CTMAR 2016

distintivo_chefe_mar

O cobiçado distintivo “Chefe Escoteiro do Mar” …

O cobiçado distintivo "Chefe Escoteiro do Mar" usado pelo Chefe Marcelo Texeira em seu traje

… usado pelo Chefe Marcelo Teixeira em seu traje

Sobre o distintivo Chefe Escoteiro do Mar

O distintivo de Chefe Escoteiro do Mar será utilizado por aquele que atender os seguintes requisitos:
a) Ter sido aprovado no CTMAR (Curso Técnico do Mar);
b) Possuir o Nível Básico em qualquer das linhas de formação da União dos Escoteiros do Brasil, devidamente homologado;
c) Ser membro de um Grupo Escoteiro da Modalidade do Mar, Seção Autônoma da Modalidade do Mar ou estar lotado em função regional ou nacional relativa à prática da modalidade do mar;
d) Possuir anotado em seu histórico escoteiro o mínimo de 50 (cinquenta) horas embarcadas;
e) O distintivo de Chefe Escoteiro do Mar será concedido pelo Coremar, ou em sua ausência pelo Conamar, avaliada apresentação dos itens necessários;

Fotos não podem faltar!

Acesse o álbum com uma seleção de fotos do evento em nossa página no flickr clicando na foto oficial abaixo ou acesse o álbum com mais de 170 fotos do CTMAR 2016 na página da Região Escoteira do Espírito Santo, no facebook.

Foto Oficial CTMAR 2016

Foto oficial do CTMAR 2016. Foto: Jodelson Sabino, Edição: Estêvão Salles (f64)