Lobinhos do Ilha se destacam no V Acampalobos


V Acampalobos - foto: Estêvão Salles

V Acampalobos – foto: Estêvão Salles (f64)

O V Acampalobos aconteceu de 26 a 28 de Maio de 2016 e foi um acampamento da Região Escoteira do Espírito Santo comemorando os 100 Anos do Lobismo. O evento reuniu cerca de 100 pessoas entre entre Lobinhos, Escotistas, Dirigentes e Pais de nove Grupos da Região Escoteira do Espírito Santo e ocorreu na Fazenda Liberdade do Chury em Vila Velha, ES.

O 011/ES GEMar Ilha de Vitória participou com três matilhas de lobinhos e mais os chefes Sylvia Lessa, Francine Gratival, Richardson Murta e Enilene Lovatte, que acompanharam as matilhas.

O tema do evento foi “Olimpíadas na Jângal” em razão do ano olímpico aqui no Brasil. As atividades eram divididas em bases conforme os personagens do livro da Jângal (Kaa, Bagheera, Baloo e  outros). Os lobinhos tinham que cumprir tarefas de 2 bases a cada dia e baseado em seus desempenhos recebiam suas respectivas premiações em forma de medalhas de ouro, prata e bronze. Na primeira noite do acampamento ocorreu um jogo noturno, onde os lobinhos tinham que visitar os personagens de Mowgli e desvendar alguns enigmas para que pudessem visitar o personagem seguinte.

   Participações especiais dos nossos escotistas

Além de trabalhar nas bases e em outras funções necessárias para o bom desempenho e organização do evento, as chefes Sylvia e Francine, do nosso grupo, tiveram funções de destaque no planejamento e operacionalização do mesmo. A chefe Sylvia foi uma das organizadoras do evento, juntamente com os chefes Vânia do 16°/ES GE Barão de Teffé e o chefe Juliano do 23°/ES GE Nhambu e a chefe Francine fez parte do staff, com a função de enfermeira, garantindo o apoio médico e de primeiros socorros para jovens e adultos participantes, em caso de qualquer problema de saúde. Também o nosso webmaster Jodelson Sabino esteve presente na tarde do dia 26/5 para tirar algumas fotos dos lobinhos e escotistas do Ilha em ação.

Primeiro lugar na Flor Vermelha do V Acampalobos

Equipe do Ilha na Esquete da Flor Vermelha

Equipe do Ilha na Esquete da Flor Vermelha

Na última noite do  acampalobos aconteceu a flor vermelha. O tema principal da flor vermelha foi 100 anos de lobismo ao redor do mundo e cada grupo ficou com um continente o nosso continente foi a América do Norte,

Cada grupo ficou responsável por realizar uma esquete de 10 minutos de duração contando um capítulo da história do lobinho ao redor do mundo. Para tanto, um mês antes da realização do evento, cada Grupo Escoteiro que planejava levar lobinhos ao evento escolheu o seu tema que podia ser América do Sul, Central e do Norte, Austrália, Ásia, África ou Europa. O nosso Grupo ficou com a América do Norte, que envolve Estados Unidos, México e Canadá.

Depois de definido o nosso tema, os lobinhos do Ilha, liderados pela chefia, decidiram utilizar, como base para montagem da esquete, o filme UP – Altas Aventuras porque, no enredo desse filme, o velhinho Carl Fredricksen conta com a ajuda de Russel, um escoteirinho simpático em sua jornada partindo dos EUA para realizar seu sonho de se mudar para o magnífico Paraíso das Cachoeiras, na Venezuela.

Formou-se então um grupo de trabalho constituído dos lobinhos do Ilha que iam participar do Acampalobos, apoiados pelos seus pais e coordenados pela Assistente de chefia Enilene Lovatte. Esse grupo fez a adaptação do filme, conforme o desejo dos nossos lobinhos e elaborou o texto, que precisava ser ensaiado enquanto se providenciava os trajes dos nossos jovens atores e o cenário para a apresentação.

Os pais contribuíram  ajudando os lobinhos e lobinhas a construírem o cenário que incluía, como elemento principal a maquete da casa voadora. Além disso os pais organizaram sessões de ensaio com os jovens atores e organizaram a agenda e a logística de deslocamento para encontros especiais de ensaio da “peça teatral” durante 3 semanas.

No evento de encenação da flor vermelha, cada grupo apresentou a esquete do seu continente e o resultado foi que o nosso Grupo ganhou a competição que definiu a melhor apresentação. Os nosso lobinhos, portanto, estão de parabéns pois foram os grande vencedores da noite!

lobinhos do Ilha comemorando a vitória

Lobinhos e lobinhas do Ilha comemorando a vitória no V Acampalobos

 

Você sabe o que é FLOR VERMELHA?

A flor vermelha é uma cerimônia exclusiva da Alcatéia, ou seja, do Ramo Lobinho. Trata-se de uma mística do movimento escoteiro que ocorre na última noite dos acampamentos e reúne todos as matilhas presentes ao redor da flor vermelha, que é equivalente ao fogo de conselho dos demais ramos. O nome flor vermelha vem da história de Mowgli, do episódio em que ele parte para a aldeia dos homens em busca de fogo, única forma de afugentar Shere-Khan e os que queriam matar Akelá, líder da alcateia, que havia perdido o bote.

  Distintivo Escoteiro da Pátria

Chefe Carla, José Artur e Chefe Sylvia

Chefe Carla, José Artur e Chefe Sylvia

Os lobinhos e chefes que compareceram ao V Acampalobos tiveram a oportunidade de reencontrar o ex-sênior do nosso Grupo José Artur Fucci Diniz, agora Pioneiro no 1º Grupo Escoteiro São Paulo, da cidade de São Paulo, SP, onde mora atualmente. José Artur participou do evento acompanhando as matilhas, mas em alguns momentos participou das brincadeiras e foi também o protagonista de uma das cerimônias mais emocionantes do evento, quando recebeu recebeu das mãos da sua antiga Akelá, Chefe Sylvia, o seu distintivo de Escoteiro da Pátria.

José Artur foi Lobinho Cruzeiro do Sul e Escoteiro Lis de Ouro no 011/ES Grupo Escoteiro do Mar Ilha de Vitória e contou com a presença de sua mãe, Chefe Carla Fucci, Diretora Administrativa e Mestra do Clã Pioneiro do Ilha que esteve no evento especialmente para participar dessa cerimônia.

Premiações e atividades finais

Na apuração do resultado final das Olimpíadas na Jungle as três matilhas do Ilha foram contempladas com medalhas de ouro prata e bronze nas diversas modalidades.

Ao termino do V acampalobos foi realizada a cerimônia de premiação geral, onde as matilhas que tiveram melhor desempenho ganharam um troféu. A  matilha vermelha do nosso Grupo ficou com o terceiro lugar e a matilha amarela ficou em primeiro.

Após a cerimônia de premiação foi feito o arriamento das bandeiras e todos os presentes formaram o grande círculo da cadeia da fraternidade e juntos cantaram a canção da despedida.

Comentários sobre o V Acampalobos

Chefe Richardson com o totem do Ilha

Chefe Richardson com o totem da alcateia do Ilha no V Acampalobos

Veja abaixo os comentários de chefes, pais e lobinhos sobre o V Acampalobos:

Adorei passar esses dias junto com os lobinhos e com os demais escotistas que participaram do V Acampalobos. Foi tudo muito animado, divertido e agradável! O encerramento ficou com “gostinho de quero mais”. Foi um acampamento marcante na minha vida.

Richardson Murta, chefe do Ramo Escoteiro do 11º/ES GEmar Ilha de Vitória

Esse V Acampalobos foi especial, não só pelas conquistas obtidas por nossas crianças, mas também (e, para mim, principalmente) pelo envolvimento verdadeiro de todos: Chefes, Lobinhos e Famílias. Cada um fazendo o seu “melhor possível”!

Maria Teresa Campos Moreira, mãe da lobinha Bárbara e ativa colaboradora nas atividades administrativas do 11º/ES GEmar Ilha de Vitória

O Acampalobos foi muita união, amizade e encontro. O melhor de todos. Pena que não poderei ir no próximo, já que esse é meu último ano como Lobinha.

Gabriela Raposo, lobinha do 11º/ES GEmar Ilha de Vitória

O V Acampalobos foi maravilhoso! Ver a alegria dos lobinhos em estar participando, fazendo o seu melhor possível nas atividades, principalmente na tirolesa e escalada. Também aos chefes que nos ajudaram a fazer deste Acampalobos um grande acampamento marcado pela alegria, motivação e amizades construídas nestes dias. Sem esquecer do choro dos lobinhos no final, querendo continuar na Jângal e não voltar para a terra dos homens. Foi muito contagiante…!

Juliano Oliveira, chefe do Ramo Lobinho do 23º/ES GE Nhambu

A oportunidade de trabalhar em um evento como Acampalobos, faz com que tenha a certeza que o Movimento Escoteiro faz a diferença na vidas destas crianças.

Francine Gratival, mãe da lobinha Gabriela e assistente de chefia do Ramo Sênior do 11º/ES GEmar Ilha de Vitória

Um sonho inesquecível!!!

Bárbara Tavares, lobinha do 11º/ES GEmar Ilha de Vitória

Muito envolvimento e compromisso de todos!!

Enilene Lovatte, assistente de chefia do Ramo Lobinho do 11º/ES GEmar Ilha de Vitória

O V Acampalobos foi um sucesso porque todos que lá estavam somaram com seu Espírito Olímpico dos Deuses. Só tenho a agradecer e parabenizar os ganhadores com e sem troféu!! .  A Grande orientação, pulso e colaboração da chefe Sylvia fez a diferença!

Vânia Regina, Akelá do 16°/ES GE Barão de Teffé

Álbuns de fotos

  1. Para acessar o álbum de fotos dos nossos lobinhos no V Acampalobos, clique na foto abaixo ou visite o álbum correspondente em nossa página no flickr.
  2. Se você tiver login no facebook poderá visitar também o álbum com mais de 600 fotos do V Acampalobos, de Estêvão Salles (f64).

V Acampalobos - 26/05/2016


Créditos das fotos desse artigo: As fotos com a marca d’água f64 são de Estêvão Salles, bem como a foto com os lenços em destaque associada a esse artigo na página principal do site e também as fotos do José Artur com o certificado e algumas fotos do álbum de fotos do V Acampalobos – Olimpíadas na Jungle em nossa página do flickr.