Você sabe o que é I.B.O.A.?


O I.B.O.A. de abertura

O encontro da nossa unidade escoteira ocorre todo sábado e dura duas horas e meia. Ele começa pontualmente às 9h com uma cerimônia de abertura, chamada de I.B.O.A. (abreviatura de Inspeção, Bandeira, Oração e Avisos).

Nessa cerimônia, os participantes, jovens e adultos do Movimento Escoteiro, se posicionam no formato de uma ferradura e os jovens são orientados em um processo que se inicia com a inspeção dos trajes de seus colegas, depois segue com o hasteamento da Bandeira Nacional e demais bandeiras pertinentes para a cerimônia, depois fazem uma oração ecumênica e, finalmente, os chefes, assistentes e dirigentes dão os avisos importantes para todos os presentes.

Ocasionalmente, na última parte do I.B.O.A., além de avisos, são entregues distintivos e certificados para membros juvenis e distintivos de formações e condecorações para os membros adultos do Grupo Escoteiro.

o I.B.O.A. envolve a participação de todos jovens e adultos voluntários do Grupo Escoteiro, inclusive dos pais ou responsáveis.

Grito da patrulha

Três jovens da Tropa Sênior Impisa entoam o grito da patrulha

Ao final da cerimônia de abertura, os jovens entoam os cantos ou gritos de patrulha e se dividem por seção, ramos, tropas, matilhas ou equipes, de acordo com as atividades planejadas para depois do I.B.O.A. de abertura. Em geral os mestres, chefes e assistentes utilizam a parte dos avisos do I.B.O.A. para darem as instruções para cada seção sobre o procedimento a ser adotado a partir do momento de encerramento do I.B.O.A de abertura.

Os dirigentes, depois do I.B.O.A., iniciam a realização de suas atividades administrativas tais como reuniões de planejamento e atendimentos aos pais.

O I.B.O.A. de encerramento

Um segundo I.B.O.A. é realizado no fim de nossas atividades e assemelha-se à cerimônia de início, sendo que ocorre então o arriamento da bandeira, uma oração ecumênica, os avisos finais e os jovens entoam o lema dos ramos: “Melhor possível”, “Sempre Alerta” e “Servir”.

Ao final do I.B.O.A. de encerramento, os jovens da Patrulha de Serviço providenciam a limpeza do local e recolhem e levam o material utilizado para as atividades.

Depois do I.B.O.A. de encerramento, seniores e pioneiros são liberados e lobinhos e escoteiros permanecem junto com os chefes e assistentes de seção até que os seus respectivos pais ou responsáveis se apresentem para buscá-los.