REGULAMENTO DO 6º GRANDE JOGO DA INDEPENDÊNCIA – ENDURO A PÉ.


6º GRANDE JOGO DA INDEPENDÊNCIA – ENDURO A PÉ.

REGULAMENTO

O evento terá inicio e fim na UFES.
PC – Posto de controle, onde são coletados o tempo de passagem no ponto.
1.Evento Enduro a pé de regularidade.

1.1. Saída e chegada em locais pré-determinados pela organização
1.2. Diretores de prova: Chefe Caeh, Chefe Denisson e Frank Komati. 

1.3. Supervisão: Chefe Caeh e Frank Komati.
2 Inscrição. Horários e Inscrições

2.1. Inscrições efetuadas conforme “Circular de Atividade – DistritoEscoteiro da Grande Vitória“, de 10/08/2014.
2.2. Ordem de largada: Conforme a chegada das fichas de inscrição. Escoteiros
terão a largada por primeiro e após sênior.
2.3. Comparecimento dos participantes às 13:45hs – largada a partir de14:00
hs. 

3. Participação

3.1. Aberta à participação de escoteiro(as) sênior com registro na UEB.
3.2. As patrulhas devem possuir no mínimo 4 e no máximo 6 componentes.
3.3. Idade mínima é de 12 anos completos.

4. Roteiro


4.1. Definido em planilha e por mapa, com percurso composto por estradas, ruas,
trilhas planas, subidas, descidas de dificuldade média com obstáculos
naturais.
4.2 Deslocamento: É definido o tempo para cobrir o trecho onde serão computados
os menores tempos.
5. Equipamentos de Segurança 
5.1. A organização do evento fornecerá a planilha de prova e
o passaporte para coleta dos tempos nos PCs.
5.2. Material obrigatório por patrulha: Bússola de mapa, relógio digital ou
celular e cantil. O lenço do Grupo, a camiseta com motivo escoteiro, também
serão considerado itens obrigatório. 
6. Prova

6.1. Serão fornecidas uma planilha por patrulha no início da prova, com
indicações de deslocamento, distância e símbolo referência.
6.2. A Planilha constará de 3 colunas:
a primeira com distância em metros, a segunda para o símbolo referência do
sentido a ser seguido, a terceira com informações complementares, se
houver.
6.3. As patrulhas sairão em intervalos determinados pela organização,
obedecendo à ordem de chegada das inscrições na sede da organização.
6.4. Durante o trajeto os participantes devem usar o lenço do grupo. A
patrulha será punida com 10 pontos se um dos integrantes estiver sem o
lenço.
6.5. Planilha do Percurso.
6.5.1. Distância: Distância em metros.
6.5.2. Referências: Indicações de direção a ser seguida, diretamente ou com
auxílio de bússola.
6.5.3. A não passagem pelo PC à perda de 50 pontos. 

6.6. Uma vez que haja contato visual entre a equipe e o PC, a
equipe deverá manter-se em movimento em direção ao PC, caso contrário acarretará em penalidade de 30 pontos
6.7. Não deve haver uma diferença maior que 30 entre o primeiro e o último da equipe em um PC, caso contrário acarretará em perda de 30 pontos
7. Apuração 
7.1. A cronometragem de cada patrulha será feita com base
num tempo padrão, a hora oficial fornecida pelo diretor de prova.
7.2. O PC estará colocado ao longo da trilha em locais e pontos aleatórios,
podendo estar ou não nas referências, 
7.2.1. O Posto de controle irá se identificar quando da
proximidade da equipe ao PC.
7.2.2. A cada segundo adiantado em relação ao horário determinado, a equipe
perderá 2 (dois pontos), e a cada segundo atrasado perderá 1 (um ponto). 
7.3. O não cumprimento das instruções específicas na
planilha acarretará a perda de 10 pontos fixos. 
7.4 Os tempos serão aferidos ao final da prova e ganhará a
equipe que somar o MENOR número de pontos, ou seja, a equipe mais regular
8. Recursos e Protestos 
8.1. Serão aceitos desde que interpostos ao diretor de prova
por escrito até 10 minutos após a chegada ideal do último participante.
O recurso deve ser escrito e não verbal, ter a assinatura dos integrantes da
patrulha.
8.2. O protesto de uma patrulha à outra será aceito.
8.3. Os recursos e protestos serão julgados por membros nomeados pela direção
de prova.
8.4. Depois de divulgado o resultado oficial no final da prova não serão mais
aceitos recursos.
9. Motivos Desclassificatórios 
9.1. Bebidas alcoólicas quaisquer tipo de drogas ou
estimulantes.
9.2. Qualquer ato prejudicial aos companheiros da competição.
9.3. Intimidação verbal ou física contra outras patrulhas, resgates, pessoal de
apoio ou ao diretor de prova.
9.4. Palavras obscenas e atos ofensivos contra outras patrulhas ou contra a
própria patrulha.
9.5. Danos causados a propriedades particulares.
9.6. Danos causados a natureza. 
9.7. Não passar pelo PC de chegada.
9.8. Empregar atitudes desleais a outros concorrentes.
9.9. Utilizar na patrulha algum acompanhante que não seja membro escrito e não
tenha sido autorizado pelo diretor de prova.
9.10. Alterar ou mexer nos Pcs.
10. Penalidades

Não cruzar um Pc-50
Tumultuar o Pc-20
Não respeitar a fila no Pc-20
Um dos integrantes abandonar a patrulha ou a patrulha toda uma das etapas
desclassificação
Chegar com menos integrantes na patrulha -10
Não largar no horário estabelecido -50

13. Casos Omissos

13.1 Casos omissos no regulamento serão analisados e
julgados pela equipe organizadora do Enduro 


# Cada membro da patrulha deverá levar seus equipamentos bem como sua
alimentação na mochila, durante o trajeto.
# Cada patrulha deverá ter seu passo aferido, dica, ter na patrulha dois
contadores para o percurso ou mais. 

foto: Mr. TinDC